Agronegócio continua alavancando economia brasileira

Imagem retirada de http://www.oitopassos.com/2012/05/16/faculdade-de-agronegocio-onde-encontrar/ Imagem retirada de http://www.oitopassos.com/2012/05/16/faculdade-de-agronegocio-onde-encontrar/

01/07/2013

Depois de um ano difícil, a produção agropecuária brasileira descola dos demais setores e dá sinais fortes de recuperação. A dúvida é: o tempo continuará firme?

No primeiro trimestre de 2013, o PIB da agropecuária, medido pelo IBGE, cresceu 17% em relação ao mesmo período de 2012. O resultado dos demais setores destoa: o PIB de serviços cresceu apenas 1,9% e o da indústria recuou 0,8%.

O tempo parece ter melhorado para o setor sucroenergético. No ano passado, a conta dos produtores não fechou. Segundo a consultoria paulista Job Economia, as usinas do Centro-Sul obtiveram receita média de 105 reais por tonelada de cana moída para a produção de açúcar e etanol, ante um custo de 114 reais.

“Grandes produtores como Tailândia e Indonésia, ampliaram a oferta de açúcar. Com isso, os estoques mundiais aumentaram, derrubando os preços”, diz Roberto Rodrigues, ex-ministro da Agricultura. Na área de etanol, os preços – que seguem os da gasolina, controlados pelo governo – não atingiram um nível remunerador.

Neste ano, algumas medidas do governo clarearam um pouco o horizonte dos usineiros, como a desoneração fiscal do etanol, que resultará em economia de 12 centavos de real por litro, e o reajuste da gasolina anunciado em janeiro. “Com essas medidas, o cenário melhorou”, diz Paulo Pinese, sócio da consultoria Deloitte e especialista em agronegócio.

Fonte: Revista Exame