Centro-Sul deve moer 575 milhões de toneladas de cana, diz Canaplan

Imagem: SXC Imagem: SXC

03/05/2017

A Canaplan estimou nesta sexta-feira (28/4) que as usinas e destilarias do Centro-Sul do Brasil vão moer, em média, 575 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2017/18, iniciada neste mês. Caso se confirme, o volume representaria queda de 5,3% ante o registrado no ciclo anterior, quando foram processadas 607 milhões de toneladas. O intervalo de projeção vai de 560 milhões a 590 milhões de toneladas.

Os dados foram divulgados pela consultoria nesta sexta-feira, em Ribeirão Preto (SP).O mix previsto para a temporada é de 46,8% da oferta de matéria-prima para a fabricação de açúcar, contra 46,8% no ciclo passado. Já o porcentual de cana alocada para etanol deve variar de 53,7% para 53,2% entre as safras.

Com isso, a produção de açúcar deve atingir um média de 34 milhões de toneladas (-4,5%), podendo variar de 33,4 milhões a 34,5 milhões de toneladas. Já a de etanol está estimada em 23,8 bilhões de litros (-7%), com intervalo projetado de 23,3 bilhões a 24 bilhões de litros.

A oferta total de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) deve alcançar 76,5 milhões de toneladas no ciclo. A produtividade agrícola considerada é de 74 toneladas por hectare, podendo variar de 72 toneladas a 76 toneladas por hectare.

fonte: Udop, com informações do Estadão Conteúdo (texo extraído da revista Globo Rural)