Cinco estados somam US$ 3,22 bilhões nas exportações de fevereiro

Imagem: Steven Goodwin, SXC Imagem: Steven Goodwin, SXC

20/03/2015

Os cinco estados que mais exportaram em fevereiro de 2015 alcançaram a soma de somaram US$ 3,22 bilhões, o que representa uma participação de quase 66%. De acordo com o Sistema de Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro (Agrostat), em primeiro lugar está São Paulo, com US$ 971,70 milhões, seguido pelo Paraná, com US$ 626,51 e Mato Grosso, com US$ 573,42 milhões. Em quarto colocado ficou o Rio Grande do Sul, com US$ 540,56 milhões e, em quinto, Minas Gerais, com US$ 506,12 milhões.

O complexo sucroalcooleiro foi o principal setor exportador do estado de São Paulo no mês, somando US$ 254,91 milhões. Deste valor, US$ 210,56 milhões são de açúcar de cana ou beterraba, US$ 41,18 milhões são de álcool e US$ 3,16 milhões de demais açúcares. Em seguida, o destaque é do setor de carnes, com a cifra de US$ 158,42 milhões, sendo US$ 125,27 milhões em carne bovina e US$ 30,78 milhões em carne de frango. Por último, estão os sucos, com US$ 156,67 milhões, com destaque para o suco de laranja, que atingiu US$ 155,4 milhões em fevereiro.

No Paraná, o setor de carnes foi o maior exportador do mês passado, com a soma de US$ 194,48 milhões, sendo US$ 172,22 milhões em carne de frango, US$ 8,92 milhões em carne de peru, US$ 6,82 milhões em carne suína e US$ 4,38 milhões em carne bovina. Em seguida, ficou o complexo soja, que alcançou o montante de US$ 172,27 milhões. No setor, a soja em grãos ficou em primeiro, com US$ 82,45 milhões, seguida pelo farelo de soja, com US$ 59,27 milhões e óleo de soja, com US$ 30,55 milhões.

O complexo soja ficou em primeiro lugar nas exportações do Mato Grosso, com o valor de US$ 288,04 milhões. O destaque foi a soja em grão, que somou US$ 146,10 milhões, seguida pelo farelo de soja, com US$ 117,82 milhões e óleo de soja, US$ 24,12 milhões. Em segundo lugar, ficaram os cereais, com US$ 131,81 milhões, seguidos pelas carnes, com US$ 94,31 milhões.

Ocupando o primeiro lugar nas exportações do Rio Grande do Sul, o setor de carnes atingiu US$ 120,62 milhões. Deste valor, US$ 78,33 milhões são de carne de frango, US$ 21,27 milhões de carne suína e US$ 12,58 milhões de carne bovina. Em segundo lugar, o fumo e seus produtos, com US$ 109,19 milhões, seguidos pelos cereais e farinhas, com US$ 108,86 milhões.

Em Minas Gerais, o destaque é do setor cafeeiro, que exportou, em fevereiro de 2015, US$ 333,75 milhões. Em segundo, as carnes, com US$ 58,69 milhões, sendo US$ 26,63 milhões de carne bovina, US$ 21,88 de carne de frango, US$ 5,12 de carne suína. Em terceiro, estão os produtos florestais, setor que alcançou US$ 49,44 milhões.

Fonte: Udop, com informações da Assessoria de Comunicação Social do MAPA