Diminui tempo de espera de embarque de açúcar

Imagem: Maria Kaloudi, SXC Imagem: Maria Kaloudi, SXC

05/04/2013

O total de navios que aguardam para embarcar açúcar diminuiu de 34 para 29 na semana encerrada em 3 de abril, segundo levantamento feito pela agência marítima Williams Brazil. O relatório considera embarcações já ancoradas, aquelas que estão ao largo esperando atracação e também as com previsão de chegada até o dia 27 de abril.

Foi agendado o carregamento de 817,97 mil toneladas de açúcar. A maior quantidade será embarcada no Porto de Santos, de onde sairão 581.424 toneladas, ou 71% do total (Agência Estado, 4/4/13)

Índia suspende parte dos controles sobre o setor de açúcar
A Índia suspendeu nesta quinta-feira parte dos controles sobre o setor de açúcar. A medida tem como objetivo aumentar os investimentos na indústria, mas elevará os gastos públicos com subsídios para alimentos.

O gabinete de governo do país eliminou a exigência de que as usinas reservem 10% de sua produção para vendas subsidiadas à parcela mais pobre da população. Até agora, as usinas tinham de fornecer essa quantidade a preços estabelecidos pelo governo. Também foi abolida a prática de fixação de cotas de seis meses para as usinas venderem açúcar no mercado aberto. O mecanismo pretendia impedir qualquer aumento acentuado dos preços.

Em entrevista à imprensa, o ministro dos Alimentos, K.V. Thomas disse que o governo continuará vendendo açúcar a valores subsidiados para a população mais pobre. Isso mais que dobrará o custo com o subsídio à commodity, para cerca de 53 bilhões de rupias (US$ 966 milhões) por ano.

A decisão de retirar parte dos controles sobre o setor ´não levará a um aumento de preços´, afirmou o ministro, acrescentando que o governo poderá rever as alterações ao mecanismo de subsídio futuramente, depois de avaliar o seu impacto. A medida se baseia em recomendações de um painel do governo, que pediu no ano passado a suspensão dos controles a fim de aumentar os investimentos no setor.

Os produtores de açúcar domésticos, que fizeram lobby por muito tempo para suspender os controles, comemoraram a iniciativa. ´Essa decisão vai reduzir nossos estoques e garantir melhores fluxos de caixa´, disse o diretor-geral da Associação de Usinas de Açúcar da Índia, Verma Abinash. Segundo ele, lucros maiores ajudarão as empresas a resolver os atrasos de pagamentos a produtores de cana-de-açúcar.

Existem mais de 500 usinas de açúcar na Índia. A produção de açúcar do país no ano-safra que termina em 30 de setembro deverá totalizar 24,6 milhões de toneladas.

Fonte: Dow Jones