Em GO, agricultores apostam no painço como alternativa para safrinha

15/06/2012

O painço é um cereal originário da China cultivado há milhares de anos e bastante usado Ásia na alimentação humana. No Brasil é comida de aves. Entre as rações para passarinho esta é uma das mais vendidas.
Há mais de 20 anos o agricultor Antônio Carlos Grandi resolveu apostar na lavoura para fugir da concorrência em Rio Verde, no sudoeste de Goiás, já que nesta época do ano todo mundo plantava milho.
O painço produz em média 1.800 quilos por hectare, a produtividade não é alta, mas a lavoura tem outras vantagens como o baixo custo de produção e o bom preço no mercado.
O quilo chega a ser vendido acima de R$ 2 dependendo do mercado. Como o custo para a implantação da lavoura é menor que o do milho, o produtor acha o painço mais vantajoso como cultura de safrinha.
Toda a produção é beneficiada e armazenada na propriedade e um dos segredos para ter preço firme é vender a mercadoria de acordo com a demanda do mercado.
Os agricultores destacam ainda o painço como boa opção para rotação de cultura.

Fonte: Globo Rural