Exportação brasileira de 2013 é a 3º melhor de todos os tempos

Imagem retirada de http://www.rochatop.com.br/noticias/exportacoes-brasileiras-aos-paises-arabes-passam-dos-r-5-bilhoes Imagem retirada de http://www.rochatop.com.br/noticias/exportacoes-brasileiras-aos-paises-arabes-passam-dos-r-5-bilhoes

06/01/2014

Somente em 2012 e 2011 o Brasil vendeu mais ao exterior do que no ano que passou. As exportações somaram US$ 242,2 bilhões entre janeiro e dezembro de 2013.

Já as importações chegaram a US$ 239,6 bilhões – o maior volume já registrado. O resultado representa crescimento de 6,5% em relação ao ano passado. O saldo comercial foi de US$ 2,5 bilhões, enquanto a “corrente de comércio” (soma de importações e exportações) atingiu US$ 481,8 bilhões.

“Este é um saldo comercial esperado. Nos últimos meses, sabíamos que teríamos um pequeno superávit comercial que se concretiza com este resultado. Tivemos um ano bastante difícil em função da conta petróleo, da baixa demanda externa e da queda de alguns preços. Por isso, mais uma vez, afirmo que o saldo comercial é conjuntural, e que tem todos os elementos para se recuperar nos próximos anos”, disse o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Daniel Godinho.

Alguns produtos que tiveram crescimento de vendas em relação ao ano anterior foram a soja em grão (+ 30,7%), couro (+20%), carne bovina (+19,2%), milho (+17%) e celulose (+10%). Em 2013 houve o primeiro aumento desde 2007 no número de empresas exportadoras, que passou de 18.630 para 18.810.

Para 2014, o Godinho destaca o aumento da safra brasileira de grãos. “Há expectativa de aumento de 4,8% na safra de grãos, puxada pela soja, e uma expectativa de câmbio mais favorável para as exportações brasileiras”.

Fonte: Agrolink, escrita por Leonardo Gottems