Exportações do agronegócio tem incremento de 43,5% em volume

Imagem retirada de https://dfrural.wordpress.com/2011/09/16/exportacoes-do-agronegocio-brasileiro-atingem-us-883-bilhoes/ Imagem retirada de https://dfrural.wordpress.com/2011/09/16/exportacoes-do-agronegocio-brasileiro-atingem-us-883-bilhoes/

06/06/2016

Nos quatro primeiros meses de 2016 o agronegócio foi o destaque nas vendas externas do Brasil. O volume enviado ao exterior cresceu 43,5% em relação ao ano passado. No mesmo ritmo, o faturamento do setor chegou a casa dos US$ 28 bilhões, elevação de 10% sobre os números de 2015.

As informações divulgadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) mostram que o resultado nas receitas foi obtido mesmo com os preços em dólar de todos os produtos terem diminuído.

Os dados mostram que as exportações foram impulsionadas pelos embarques de soja, que cresceram 59% neste ano, e pelas vendas de milho, com aumento de 138%, no comparativo do primeiro quadrimestre/16 com o de 2015. No caso do cereal, o Cepea avalia que as exportações no início deste ano superaram as expectativas dos agentes do setor.

Além do milho e da soja, outros produtos foram destaque nos embarques no primeiro quadrimestre. É o caso do etanol, cujas as vendas quase dobraram (alta de 98%). As vendas de carne suína também tiveram bom resultado e cresceram 70%, assim como a carne bovina, com elevação de 19%.

Nos quatro primeiros meses do ano, entre os principais compradores de produtos agrícolas brasileiros, a China seguiu na liderança, pagando a exportadores do agro 26,3% de tudo que foi recebido pelo setor. Na sequência estiveram países da Zona do Euro (16,7%) e os Estados Unidos (6,4%).

fonte: Datagro, com texto extraído do portal Uagro