Milho: Em Chicago, preços iniciam pregão desta 4ª feira com ligeiros ganhos, próximos da estabilidade

Alexandre Jaeger Vendrusculo, SXC Alexandre Jaeger Vendrusculo, SXC

26/10/2016

Por Fernanda Custódio

Na manhã desta quarta-feira (26), os futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) trabalham com ligeiras altas, próximos da estabilidade. As principais posições do cereal exibiam ganhos entre 0,25 e 0,50 pontos. O contrato dezembro/16 era cotado a US$ 3,49 por bushel, enquanto o março/17 operava a US$ 3,59 por bushel.

De acordo com informações do site internacional Agrimoney.com, os preços ainda encontram suporte tecnicamente. Contudo, a perspectiva de uma grande safra não só nos EUA, mas em outras origens tem pesado sobre as cotações do cereal.

"Além disso, tivemos dados no final da última semana indicando um menor número de gado em confinamento nos EUA do que se pensava. E, com menos gado, teremos mais milho disponível", disse Benson Quinn Commodities.

Ainda no inicio da semana, o Usda (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reportou os embarques semanais em 541,527 mil toneladas, na semana encerrada no dia 20 de outubro. Na semana anterior, o número divulgado pelo departamento foi de 879,101 mil toneladas.

Fonte: Udop, com informações de Notícias Agrícolas