Paraná mantém estimativa de safra de trigo 2015 em recorde de 4 milhões de toneladas

Imagem retirada de http://www.cotrijui.coop.br:8080/pg_noticias/noticias_n.jsp?id_noticia=2451 Imagem retirada de http://www.cotrijui.coop.br:8080/pg_noticias/noticias_n.jsp?id_noticia=2451

27/04/2015

O governo do Paraná, maior produtor de trigo do Brasil, manteve na sexta-feira sua previsão de produção de 4 milhões de toneladas do cereal, o que seria um recorde, superando o total registrado em 2014.

Pela previsão, o Paraná poderia colher quase 300 mil toneladas a mais que no ano passado, apesar de um atraso no plantio, que pode ser recuperado nas próximas semanas, com chuvas registradas recentemente, segundo o Departamento de Economia Rural (Deral).

O Estado havia plantado, até o início da semana passada, 5 por cento da área prevista, o que revela um atraso nos trabalhos ante os 13 por cento na mesma época de 2014.

Apesar de um ligeiro aumento na área plantada no boletim mensal divulgado na sexta-feira, para 1,36 milhão de hectares, o engenheiro agrônomo do Deral Carlos Hugo Godinho, especialista em trigo do departamento, avalia que ainda há bastante indecisão por parte dos produtores, devido a preços pouco estimulantes.

A área plantada deverá recuar 2 por cento ante a temporada passada.

Já o milho segunda safra, que concorre com o trigo em área, teve a semeadura concluída, e as condições das lavouras são boas, assim como para o trigo.

Com uma área estável ante a temporada passada, a produção de milho na segunda safra dever somar pouco mais de 10 milhões de toneladas, recuo de 3 por cento ante a temporada passada, segundo o Deral.

Fonte: Agrolink, com informações da Reuters (escrita por Roberto Samora)