Pluma sobe 5,4% em abril

Imagem retirada de http://www.portaldbo.com.br/Portal_v2/Revista-Agro-DBO/Conteudo/Geral/12197_Pluma-sobe-5,4-em-abril Imagem retirada de http://www.portaldbo.com.br/Portal_v2/Revista-Agro-DBO/Conteudo/Geral/12197_Pluma-sobe-5,4-em-abril

24/04/2015

Compartilhe este conteúdo utilizando o link http://www.canalrural.com.br/noticias/algodao/preco-algodao-deve-permanecer-alto-56068 ou as ferramentas oferecidas na página. Os textos, fotos, vídeos e demais conteúdos do Canal Rural estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, e não podem ser reproduzidos sem autorização do Canal Rural. Caso queira replicar algum conteúdo do Canal Rural, por favor, utilize o link original ou entre em contato (canalrural@canalrural.com.br). Os fundamentos de alta das cotações do algodão em pluma no mercado brasileiro continuam prevalecendo. Segundo pesquisadores do Cepea, o suporte é dado tanto pela demanda de indústrias e comerciantes quanto pela posição firme dos vendedores. Estes se alicerçam na expectativa de baixa disponibilidade de pluma até a chegada da safra 2014/15 ao mercado, especialmente de qualidade 41-4 para melhor.
 
Do volume remanescente da temporada 2013/14, ainda precisam ser retirados lotes para o cumprimento de contratos de exportação e também para aqueles firmados com empresas brasileiras. Devido à necessidade de pluma para pronta entrega, em alguns casos, fiações estiveram dispostas a pagar valores maiores mesmo para alguns lotes com tipos mistos. Já comerciantes, na condição de compradores, deram preferência para as aquisições de pluma de melhor qualidade. No acumulado parcial de abril (até o dia 20), o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento 8 dias, referente à pluma 41-4, posta em São Paulo, subiu fortes 5,43%, fechando a R$ 2,1990/lp.

Fonte: Agro DBO