Preços agropecuários fecham agosto em alta de 0,99%

Imagem retirada de http://www.luzimaq.com.br/?p=915 Imagem retirada de http://www.luzimaq.com.br/?p=915

19/09/2014

O IqPR - Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista registrou alta de 0,99% no mês de agosto, em comparação a julho de 2014, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Os produtos que apresentaram altas foram: laranjas para indústria e para mesa (14,8% e 14,23%), café (11,39%), carne suína (10,53%), carne de frango (7,86%) e carne bovina (0,92%).

Já os produtos que apresentaram as maiores quedas de preços foram: batata (18,31%), tomate para mesa (17,57%), feijão (10,54%), trigo (9,22%), milho (7,25%) e banana nanica (5,78%). Com menores oscilações aparecem soja (5,15%), ovos (4,00%), leite cru resfriado (2,85%), amendoim (2,58%), algodão (2,41%), arroz (2,03%) e cana de açúcar (0,09%).

Acumulado nos últimos 12 meses
No acumulado dos últimos 12 meses, o IqPR registrou variação positiva de 11,54%. Na comparação de agosto/2014 com agosto/2013, 10 produtos apresentaram variações positivas e 9 apresentaram variações negativas. Os produtos que tiveram preços com incrementos em patamares mais elevados que a inflação foram os seguintes: café (50,56%), carne suína (32,73%), laranja para indústria (29,78%), tomate para mesa (27,61%), carne bovina (21,89%) e laranja para mesa (21,68%). Amendoim (5,57%), cana-de-açúcar (5,26%), banana nanica (3,13%) e arroz (1,83%) apresentaram variações positivas abaixo da inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Já os produtos que apresentaram reduções de preços nos últimos 12 meses foram: batata (64,16%), feijão (55,63%), trigo (23,55%), algodão (18,42%), ovos (9,96%), soja (5,76%), leite cru resfriado (5,64%), carne de frango (0,79%) e o milho (0,22%).

Fonte: Udop, com informações da Assessoria de Imprensa do IEA (escrita por Nara Guimarães)