Produção de etanol em Mato Grosso atinge recorde histórico até novembro

Imagem: Kym McLeod, SXC Imagem: Kym McLeod, SXC

16/12/2013

A produção mato-grossense de etanol até o mês de novembro bateu recorde ao atingir 1,050 bilhão de litros, sendo considerado o melhor resultado história das indústrias, apontou nesta quinta-feira (12) o Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras (Sindalcool/MT). O número ficou acima de 2012, quando os 970 milhões de litros tinham sido, até aquele ano, o melhor desempenho para o Estado.

Investimentos na renovação dos canaviais e o clima favorável ajudaram a puxar para cima o volume. “Houve também uma adubação da soca bastante próxima da necessidade e que contribuiu para a produtividade melhor”, afirmou ao Agrodebate o diretor-executivo do Sindicato, Jorge dos Santos.

Do volume total previsto com o biocombustível, faltam cerca de 95 milhões de litros para que as indústrias alcancem a meta de 1,1 bilhão de litros. “Ainda não chegamos ao resultado projetado, mas já temos um recorde histórico”, afirmou ainda Jorge dos Santos.

Até o final de novembro a colheita da safra de cana chegava a 97,9% da área plantada, com a moagem chegando a 16,8 milhões de toneladas de 17,1 milhões de toneladas totais estimados. Expectativa das indústrias é superar a previsão inicial.

“A previsão é que sendo otimista vamos bater o recorde de ultrapassar o recorde de 17 milhões de toneladas a serem processadas”, prospectou o diretor-executivo do Sindalcool.

Já a produção de açúcar até o fim de novembro pelas indústrias chegou a 413 mil toneladas, de acordo com o setor.

Fonte: G1