Produtos da cana só perdem para soja e carnes no ranking de exportação

Imagem retirada de https://www.jornalcana.com.br/produtos-da-cana-so-perdem-para-soja-e-carnes-no-ranking-de-exportacao/ Imagem retirada de https://www.jornalcana.com.br/produtos-da-cana-so-perdem-para-soja-e-carnes-no-ranking-de-exportacao/

10/07/2017

Os produtos do setor sucroenergético só perdem para a soja e para as carnes no ranking de exportação do agronegócio brasileiro. É o que aponta o Mapa Indicadores, raio x da balança comercial do agronegócio do País produzida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Conforme o último Mapa Indicadores disponibilizado pelo Ministério, com informações apuradas até março último, as exportações brasileiras do agronegócio somaram US$ 38,863 bilhões.

O complexo soja lidera o ranking de exportações do agronegócio com 41,17% do valor. Já o setor de carnes vem em segundo lugar, com 15,41%.

O setor sucroenergético ocupa a terceira posição, com 11,63% do total exportado em valores.

Em quaro estão os produtos florestais, com 11,34%. Importantes segmentos do agronegócio, como café, ficam com 5,81% do movimento financeiro de embarques até o mês de maio.

Restante do ano
É preciso lembrar que enquanto o complexo soja foca a maioria de seus embarques externos nos primeiros meses do ano, por conta do fim da safra, os produto sucroenergéticos têm o restante do ano para exportações.

Significa que o setor sucroenergético pode seguir puxando positivamente as exportações brasileiras em 2017.

fonte: JornalCana