Renda no campo deve crescer 12,9% em 2017, projeta Imea

Imagem retirada de http://agrolink.com.br/noticias/renda-no-campo-deve-crescer-12-9--em-2017--projeta-imea_366944.html Imagem retirada de http://agrolink.com.br/noticias/renda-no-campo-deve-crescer-12-9--em-2017--projeta-imea_366944.html

19/12/2016

A primeira estimativa do Valor Bruto de Produção (VBP) para 2017 – que calcula a receita gerada da porteira para dentro das propriedades - apresentou crescimento significativo se comparada à estimativa do ano anterior, saindo de R$ 56,35 bilhões para R$ 63,60 bilhões, aumento de 12,9%.

Na agricultura e floresta a expectativa é de aumento de 16,6%.

No VBP da pecuária, a primeira estimativa para 2017 demonstrou aumento de 1,9% em seu valor se comparado com a previsão do ano passado. A maior variação veio da atividade da bovinocultura de corte (2,7%), seguida pela suinocultura com 4,4% de alta. No caso da bovinocultura de corte, aguarda-se um ano de maior oferta, porém, com preços em patamares levemente menores, enquanto que na suinocultura a expectativa é de preços estáveis e abate relativamente maior.

O superintendente do Imea, Daniel Latorraca reforçou o compromisso do Imea com a classe produtora. “Visando à melhoria dos nossos dados, estudos e levantamentos nós vamos iniciar 2017 com dois novos indicadores: o arroz e o feijão. As publicações desses indicadores serão, em princípio, semanais, conforme fazemos com os boletins de soja, milho, algodão e bovinocultura”, destacou Latorraca. O Imea também lançará ano que vem o Outlook 2027, que irá revelar as projeções agropecuárias para os próximos dez anos em Mato Grosso.

fonte: Agrolink, com informações do Diário de Cuiabá