Safra da uva de Jundiaí/SP começa com boa expectativa

Imagem retirada de http://agrolink.com.br/noticias/safra-da-uva-de-jundiai-sp-comeca-com-boa-expectativa_344436.html Imagem retirada de http://agrolink.com.br/noticias/safra-da-uva-de-jundiai-sp-comeca-com-boa-expectativa_344436.html

27/11/2015

As uvas que são encontradas nos mercados e até mesmo em algumas bancas montadas pela cidade não são das parreiras jundiaienses. A colheita da fruta da cidade deve começar nos próximos dias e com boas expectativas para os agricultores. São estimadas 25 mil toneladas da fruta, segundo dados da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Turismo.

Com a ajuda do clima, as plantas produziram cachos grandes, ótimos para a venda. Na propriedade Sibinel, no Caxambu, as bagas começam a receber o tom rosado do amadurecimento. “Vai demorar mais uns 15 ou 20 dias para que as frutas estejam no ponto de colheita. É uma fruta para as festas”, explica Ricardo Sibinel, 40 anos. A safra será comercializada diretamente ao consumidor, em uma banca do ‘Produtor na Praça’, montada no próprio sítio. Ainda no mesmo bairro, Maria Denize, 60 anos, tem uma banca de frutas com oferta de uva. “Trouxemos de Indaiatuba. Lá a safra adianta mais que aqui”, explica. A caixa de seis quilos está sendo oferecida na banca por R$ 50. O preço, segundo a comerciante, teve reajuste em relação ao mesmo período do ano passado, quando a mesma caixa era comercializada por R$ 40.

Festa da Uva - O secretário garantiu que para a Festa da Uva de 2016 haverá frutas da cidade para serem comercializadas. “Fizemos contatos com alguns produtores que acertaram a poda para que a fruta saia no período da festa (de 13 a 31 de janeiro). Um produtor que escalonou a safra para fornecer para o evento foi Anderson Tomasetto, do Traviú. Sua produção foi uma das mais premiadas no ano anterior. “O bairro tem uma barraca na festa somente com trabalho voluntário para arrecadar fundos para a igreja. Eu vou fornecer a fruta para que seja vendida nesta barraca”, explica.

Fonte: Agrolink, com informações do Jornal de Jundiaí (escrita por Luciana Muller)