Safra de soja 13/14 do Paraná estimada em recorde de 16,48 mi t

Imagem retirada de http://www.cpafrr.embrapa.br/embrapa/index.php/br/ultimas-noticias/901-posicao-da-embrapa-sobre-o-uso-de-adubacao-nitrogenada-em-soja Imagem retirada de http://www.cpafrr.embrapa.br/embrapa/index.php/br/ultimas-noticias/901-posicao-da-embrapa-sobre-o-uso-de-adubacao-nitrogenada-em-soja

31/01/2014

A safra de soja 2013/14 do Paraná, segundo maior produtor da oleaginosa no país, foi estimada nesta quinta-feira em recorde de 16,48 milhões de toneladas, o que colabora para que o Brasil possa obter uma colheita abundante.

A previsão de safra do Estado foi mantida na comparação com a estimativa do mês passado por conta de boas condições climáticas registradas, segundo o Departamento de Economia Rural (Deral), órgão ligado à Secretaria Estadual de Agricultura.

"As condições para uma grande safra de soja no Paraná estão mantidas, se a chuva continuar no Estado. O clima tem favorecido", disse o economista do Deral, Marcelo Garrido, acrescentando que tem chovido com grande frequência em distintos pontos do Estado.

A produção deve crescer 4 por cento ante o ano anterior, segundo o Deral, seguindo um aumento semelhante na área plantada.

Paraná e Mato Grosso (maior produtor nacional) respondem por mais de 40 por cento da safra brasileira de soja. Nas lavouras mato-grossenses, o tempo também tem colaborado para o registro de boas produtividades.

As lavouras de soja do Paraná sofreram algum estresse climático durante o desenvolvimento da safra, nas primeiras semanas de dezembro, mas as chuvas retornaram favorecendo os cultivos.

A colheita da soja está em fase inicial no Estado, tendo atingido 4 por cento da área semeada de 4,9 milhões de hectares, num ritmo em linha com a média das últimas três safras, de acordo com o acompanhamento do Deral, que aponta ainda 94 das lavouras em boas condições.

Na safra anterior (2012/13), o Estado cultivou 4,7 milhões de hectares e produziu 15,83 milhões de toneladas de soja, a melhor marca da história até 13/14.

Relatório da Somar Meteorologia indica a ocorrência de pancadas de chuvas isoladas até a próxima semana no Estado.

MILHO
A estimativa para produção de milho primeira safra ficou em 5,62 milhões de toneladas, estável ante projeção de dezembro.

Diante das condições climáticas recentes também favoráveis ao milho, o Deral indicou que 100 por cento das lavouras são classificadas em boa condição.

A colheita do milho somou 1 por cento da área cultivada no ciclo atual, de 669,8 mil hectares.

No ciclo 2012/13, a produção de milho na primeira safra foi de 7,14 milhões de toneladas e a área de 875,9 mil hectares.

Fonte: Reuters, escrita por Fabíola Gomes