Soja segue em alta nos EUA

Imagem retirada de http://www.agrolink.com.br/noticias/soja-segue-em-alta-nos-eua---an--225-lise-agrolink_174813.html Imagem retirada de http://www.agrolink.com.br/noticias/soja-segue-em-alta-nos-eua---an--225-lise-agrolink_174813.html

26/06/2013

A Bolsa de Cereais de Chicago registrou nesta terça-feira (25.06) alta de 13 centavos de dólar no preço da soja nos contratos de Julho deste ano. O mercado da soja negociou forte durante toda a sessão, liderada por ganhos no contrato de julho. 

O relatório das condições de colheita e plantio teve um viés misto para a direção de mercado na nova safra, mostrando melhores condições no progresso do plantio, mas ainda abaixo das estimativas do mercado. A percepção de que a área plantada de soja nos EUA pode ficar muito abaixo do que os analistas previam, devido a atrasos em alguns estados, ajudou a suportar as novas safras da cultura em toda a sessão.

Um bem conceituado analista do mercado de oleaginosas (Oil World) sugeriu que os preços da soja e das principais oleaginosas tendem a cair nos próximos meses, com o início da colheita na América do Norte e Europa. Estima que o total global da produção das 10 principais culturas oleaginosas pode chegar a 484,50 milhões de toneladas na safra 13/14, contra 463,50 milhões em 12/13. 

Statistics Canada estima que os agricultores canadenses vão plantar 19,7 milhões de acres de canola, uma queda de 8% em relação à 2012/13, mas acima da estimativa anterior, de 19,1 mi, devido a uma queda no trigo.

Fonte: Agrolink, escrita por Leonardo Gottems