Trabalhos pré-colheita têm início em MT

Imagem retirada de http://www.agrolink.com.br/noticias/trabalhos-pr--233--colheita-t--234-m-in--237-cio-em-mt_172672.html Imagem retirada de http://www.agrolink.com.br/noticias/trabalhos-pr--233--colheita-t--234-m-in--237-cio-em-mt_172672.html

07/06/2013

Até 15 de junho, de maneira geral, a colheita do algodão primeira safra de Mato Grosso deve ter início e, segundo informações do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), até lá serão intensas as operações pré-colheita no Estado.

Os produtores já trabalham na aplicação de maturadores e desfolhantes nas lavouras e, além disso, as condições climáticas têm ajudado. As previsões não dão conta de chuvas para o período, o que é bastante importante para garantir uma boa colheita.

Só na primeira safra, Mato Grosso soma 142,5 mil hectares de lavoura da pluma, o que deverá render 454 mil toneladas de algodão.

De acordo com o Imea, apesar da expectativa de colheita dentro na normalidade, as “dores de cabeça” devem aparecer no transporte da pluma até os portos, assim como ocorreu com a soja.

“Como de junho a agosto também ocorre a colheita do milho e o escoamento deste produto, o frete da pluma deve competir com o frete de milho. Desde janeiro, o frete da pluma de Campo Verde a Paranaguá, por exemplo, subiu 24%, atingindo R$ 283/t. Se comparado com o mesmo período de 2012, houve elevação de 54% no frete neste trecho de referência”, divulga o Imea.

Fonte: AgroOlhar, escrita por Thalita Araújo