Venda de safra deve ganhar ritmo após beneficiamento de algodão

Imagem retirada de http://www.agrolink.com.br/noticias/venda-de-safra-deve-ganhar-ritmo-apos-beneficiamento-de-algodao_171769.html Imagem retirada de http://www.agrolink.com.br/noticias/venda-de-safra-deve-ganhar-ritmo-apos-beneficiamento-de-algodao_171769.html

22/05/2013

Relatório semanal divulgado na segunda-feira (20) pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) mostra que a comercialização da pluma 2012/13 no estado alcançou 66% do total de 632.893 toneladas a ser produzida na atual temporada. O percentual representa um pequeno avanço mensal de 1,4 ponto percentual em relação ao mês de abril. Já a venda do caroço atingiu 32% em maio.

De acordo com os analistas do instituto, em relação à safra anterior, 2011/12, o caroço já foi 100% comercializado e a pluma se encaminhando para suas vendas finais, 97%. “Com ritmo lento nas das negociações no mercado disponível, a comercialização deve evoluir a passos mais rápidos somente após o beneficiamento do algodão, a partir de julho, período de maior disponibilidade do produto”, elencam os analistas no relatório.

Conforme o texto, para o caroço de algodão não é diferente, compradores aguardam o aumento da oferta após a colheita, com a expectativa de que os preços reduzam, a fim de competir com o farelo de soja e milho. Enquanto isso, elenca a publicação, no âmbito internacional, lavouras de algodão norte-americanas seguem atrasadas na semeadura 2013/14, com 23% de suas atividades concluídas.

A cobertura alcançada no país representa um atraso de 23 pontos percentuais em relação ao plantio da 2012/13 e 15 pontos percentuais em relação à média histórica, devido a fatores climáticos, acentua ainda o Imea em seu relatório.

“A evolução do plantio ainda não compromete a perspectiva de produção, mas os olhares estão atentos para a disponibilidade da fibra no maior exportador mundial do produto”, frisa ainda o Imea em sua análise.

Fonte: Agrodebate, escrita por Leandro J. Nascimento